top of page

Informação Completa

CONGRESSO DO PSOL PARÁ: TESE DE REVOLUÇÃO SOCIALISTA E INDEPENDENTES

POR UM PSOL INDEPENDENTE, DE LUTA E SOCIALISTA

MANDATO COLETIVO - Edivaldo Martins, Wladimir Varela, Professora Silvia Leticia, Karina Lopes e Rayme Sousa

1. O capitalismo está passando pela pior crise de sua história. Uma crise econômica global, sistêmica, maior do que todas as crises anteriores. Iniciada em 2008 é a maior desde a Grande Depressão dos anos 1930. A economia mundial ainda não havia conseguido se recuperar, quando a pandemia da Covid-19 paralisou e aprofundou sua crise, dando outro salto com a guerra na Ucrânia. Não há recuperação à vista; o FMI, a OMC e a OCDE preveem uma nova recessão global, provavelmente ainda em 2023. Como a raiz da crise está na tendência de queda da taxa de lucro, o capitalismo não tem saída, a não ser aumentar a exploração.

Greve Geral na França contra reforma da previdência

2. Essa é a explicação do porquê os governos capitalistas aplicam uma contrarrevolução econômica permanente contra a classe trabalhadora e depredam o meio ambiente. Os capitalistas não tem plano B diante dessa crise. Por isso, onde não conseguem aplicar seus planos de ajustes, recrudesce a repressão para tentar disciplinar os setores que se mobilizam e lutam.


3. Ecossocialismo ou barbárie é a palavra de ordem que melhor resume o momento atual. O capitalismo destrói tudo num ritmo acelerado e sem freio. O aquecimento global só cresce e provoca desastres ambientais, que levam vidas da classe trabalhadora e o povo pobre é obrigado a morar nas margens das cidades. O agronegócio e a indústria extrativa avançam sobre as florestas, rios, montanhas e oceanos, matando e depredando tudo, para garantir a produção de bens que enriquecem o 1% da população mundial e deixam sem futuro os outros 99%.


Mobilização contra o Marco Temporal

4. A matriz produtiva do capitalismo, além de destruir nosso planeta, é produtora de desigualdade, pobreza e fome. Para produzir ouro, um bem sem utilidade social, contamina rios e reservas de água, condenando populações inteiras a doenças e morte. Cria-se gado e produz trigo como nunca antes na história da humanidade, mas a fome no mundo cresce. Os povos indígenas da Amazônia defendem a floresta das máquinas que desmatam em tempo recorde, enquanto garimpeiros assassinos os atacam dia após dia.


5. Não há futuro sem mudar por completo a lógica da barbárie capitalista. Construir o ecossocialismo, planificar as bases de uma sociedade sem desigualdade e violência, organizar democraticamente a produção, distribuição e consumo, é uma das principais tarefas das exploradas e explorados do mundo. Uma tarefa militante, revolucionária e internacionalista em defesa de nosso presente e futuro.


6. Os progressistas não evitam o crescimento da extrema-direita. Todo projeto que propôs radicalizar a democracia, frear o neoliberalismo, redistribuir a riqueza ou melhorar as condições para as massas, sem destruir o capitalismo, fracassou. Todos os governos autodenominados progressistas, acabaram aplicando as mesmas receitas de ajustes que os governos neoliberais. Grandes projetos de esquerda como SYRIZA ou PODEMOS, ou figuras radicais como Boric e Pedro Castillo, também se tornaram administradores dos ajustes quando chegaram ao governo.


7. É impossível implementar grandes mudanças a favor das maiorias dentro do capitalismo, bem como, as medidas mais moderadas não são toleradas por um sistema que sobrevive com exploração, ajustes e repressão. Não há espaço para concessões reformistas.


8. Assim, governos de frente ampla ou de conciliação de classe, como o de Lula-Alckmin, chegam ao poder acompanhados de apoio social e gerando expectativas nas massas, mas rapidamente essas ilusões caem. Essa frustração abre espaço para a direita e extrema-direita, que ganham base social para sua ideologia e política mas, pela mesma razão, quando chegam ao poder, também fracassam.


Governo Lula: Promessas, Retrocessos e Bolsonarização
Bolsonarista Arthur Lira e Lula

9. No dia 1º de janeiro, Lula da Silva assumiu seu terceiro mandato, prometendo uma nova era de progresso, justiça social e combate à desigualdade. Agora, após os primeiros 100 dias de seu governo, é hora de fazer uma análise crítica sobre suas ações e o rumo que o país está tomando.


10. Uma de suas principais promessas de campanha foi a retomada do crescimento econômico e a criação de empregos. No entanto, até o momento, não foram apresentadas medidas concretas para reverter a crise econômica que o país enfrenta.


11. O desemprego cresceu no último trimestre o que significa 9,2 milhões sem trabalho formal, fazendo crescer a informalidade sobretudo nas regiões Norte e Nordeste. Também está em alta o endividamento das famílias, que alcançou o maior nível histórico já registrado: 78,3% da população. Não à toa, o crescimento raquítico do PIB de apenas 1,6% fez até o setor financeiro revisar o crescimento de 2023 para 0,7%, bem abaixo das expectativas do governo de 1,9%.


12. Outro fator importante é a projeção da inflação medida pelo IPCA que aumentou de 5,31% para 5,58%, bem acima da meta de 3,25% definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), o que faz aumentar o custo de vida da maioria da população, deixando dúvidas sobre a capacidade do governo de impulsionar a economia e gerar oportunidades.


13. Destaca-se os retrocessos em relação às políticas ambientais. O governo Lula já demonstrou uma postura menos comprometida com a proteção dos ecossistemas. Flexibilizou regras e facilitou a exploração de áreas sensíveis, como fez em seus dois governos anteriores, na Amazônia. Porém, havia expectativas de que, após a catástrofe do governo Bolsonaro para a área, fosse dado um “cavalo de pau” com a nomeação de Marina Silvia (Rede) e Sonia Guajajara (PSOL) para os ministérios do meio ambiente e dos povos indígenas respectivamente.


14. Mas, para atender a bancada ruralista e do agronegócio, através do seu vice, o governo permitiu que a boiada, enfim, pudesse passar. Assim se retirou, sem resistência alguma por parte do governo na Câmara dos Deputados, as principais atribuições desses Ministérios como a expedição de licenças ambientais para exploração de minérios em áreas de conservação e a demarcação de terras indígenas. Lula disse, apenas, que faz parte do jogo e que se deve valorizar a política.


15. O governo “valoriza” tanto a política, que contingenciou R$ 8 bilhões de reais para o pagamento do orçamento secreto aos Deputados ligados ao Centrão que, liderados por Arthur Lira, vão aos poucos dando as cartas no governo. É A BOLSONARIZAÇÃO DO GOVERNO LULA.


16. A poderosa greve dos trabalhadores em educação de Brasília-DF, também a greve da educação do RJ, e as inúmeras mobilizações que vem ocorrendo por todo o país demonstram uma mudança na situação política nacional, onde categorias de trabalhadores e setores populares, deixando para trás a lua de mel com o governo, saem a lutar por reajuste salarial e melhoria nas condições de vida.

17. É uma farsa o que fazem as burocracias sindicais do país, sobretudo as ligadas à CUT/PT e à CTB/PCdoB, que tentam impedir qualquer processo de luta e mobilização e chegam a afirmar que, quem luta no país fortalece o bolsonarismo contra o Lula. Lula é quem se alia ao bolsonarismo, contra os trabalhadores.


Governo Helder: “lobo em pele de cordeiro”
Frente Ampla: MST, Primavera Socialista/PSOL CUT/PT, CTB/PCdoB e Bolsonaristas apoiam o governador Helder Barbalho (MDB)

18. A propaganda do governo Helder Barbalho/MDB, dá a impressão de que a população do estado do Pará vive em eterna felicidade. O governo constrói uma realidade paralela, onde os serviços públicos estão em perfeito funcionamento e o futuro é traçado com a participação popular, que avança no sentido de superar todas as mazelas causadas pelos governos anteriores. Tudo falso!


19. Essa ilusão é facilitada pela subserviência da esquerda reformista, que ocupa cargos no governo, compõe a sua base de sustentação política na ALEPA, e atua para convencer a classe trabalhadora que a família Barbalho é parte das “forças democráticas”, que luta contra o bolsonarismo e o fascismo. Para essa tarefa, PT e PCdoB têm uma nova aliada: a direção majoritária do PSOL, que teve que engolir a base do nosso partido gritando “Fora Helder” na recente Conferência da Amazônia.


20. Na questão socioambiental a cara-de-pau do governo impressiona. Enquanto faz propaganda de uma suposta política “sustentável” para captar recursos financeiros no país e no exterior (ainda mais agora, com a COP30), no mundo real tem atuado em aliança com os representantes políticos dos latifundiários, grileiros, agronegócio, madeireiras, mineradoras e garimpo ilegal.


21. É preciso cobrar que as direções do PT, PCdoB e PSOL rompam com o governo Helder e se somem à luta da classe trabalhadora, dos camponeses, sem terras, indígenas, quilombolas, ribeirinhos e pescadores, contra as políticas do governo dos patrões, que está a serviço de aumentar o lucro dos ricos e poderosos.


A prefeitura de Belém não é do PSOL
Familia Barbalho e Bolsonaristas na Camara Municipal apoiam com entusiasmo a prefeitura da Frente Ampla/Primavera Socialista em Belém-PA

22. Belém do Pará, uma das principais cidades da Amazônia, foi anunciada pelo Presidente Lula e pelo governador Helder como a sede da COP-30 sobre mudanças climáticas, que ocorrerá em novembro de 2025.


23. O anúncio foi saudado com bastante entusiasmo pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, que ao agradecer o empenho do Presidente e do governador para que a cidade sediasse o evento disparou “Estamos juntos pelo Brasil e pelo Pará, estamos juntos por Belém” em uma jogada de marketing para se colar à popularidade de Lula e Helder e tentar esconder do grande público, país afora, os enormes índices de rejeição de sua administração.


24. A COP-30 e os investimentos públicos e privados, que serão utilizados para preparar minimamente a cidade, que vai receber mais de 100 mil pessoas de todo o mundo, é na verdade a última cartada que tem o prefeito Edmilson para melhorar sua imagem junto à população e assim tentar a reeleição.


25. Hoje, a rejeição da prefeitura administrada pela Primavera Socialista/PSOL/Frente Ampla está por volta de 83,9% (somatória de péssimo, ruim e regular) e apenas 14,8% (bom e excelente) da população aprovam a administração municipal (Dados: Pesquisa/Instituto Doxa).


26. Segundo a pesquisa, para a população, os maiores problemas da cidade são: violência (18,6%), tudo (18,2%), sujeira, falta de limpeza de canais e vias públicas (15,8%), saúde pública precária (12,1%) falta de saneamento (11,4%) e falta de abastecimento de água, transporte coletivo, iluminação pública, falta de renda, educação precária e má administração (4,2%). Constata-se um abandono total do serviço público na cidade, que além de não atender satisfatoriamente o povo pobre, está inchado pelas contratações feitas por indicações políticas, com média salarial acima de R$ 3.500,00 enquanto a maioria da população sobrevive com menos de 1 salário mínimo mensal.


27. Somente no gabinete do Prefeito, dos 631 trabalhadores lotados 576 são cargos de indicação política e apenas 54 são servidores efetivos. No total, segundo estudo do Sindicato da Educação (SINTEPP Belém) junto ao Portal da Transparência, foram nomeados em 2 anos de mandato 2.684 cargos políticos pelo gabinete do prefeito, entre os quais, 128 na Secretaria de Educação (SEMEC), 144 na Secretaria de Saneamento (SESAN), 283 na Secretaria Municipal de Saúde (SESMA), 131 na Secretaria de Urbanismo (SEURB), etc. Dos 29.625 funcionários da prefeitura, apenas 21.745 são efetivos e 7.880 são servidores contratados de forma temporária, geralmente por indicação política.


28. Edmilson foi eleito, cercado de expectativas de mudanças, pois Belém é uma das cidades mais pobres do país. Infelizmente, há muita frustração: mais de 70% dos domicílios da cidade não possuem água e rede de esgoto tratada, o lixo se avoluma pelas ruas, a água das chuvas transborda canais, inunda casas e inferniza a vida da população devido aos alagamentos. O transporte coletivo é privado, caro, sujo e não atende às necessidades de mobilidade da população.


Nossa luta contra a Frente Ampla

29. Edmilson se elegeu com o apoio massivo do funcionalismo municipal e da maioria da classe trabalhadora de Belém. Há uma narrativa de que, sem o apoio do governador Helder, a Frente Ampla não teria conseguido derrotar o ultradireitista e desconhecido delegado da PF, que quase ganhou as eleições.


30. Desde sua posse, Edmilson virou as costas para sua base social e eleitoral, adotando uma administração em estreita parceria com o MDB, que é sua base de sustentação política na Câmara Municipal, e aplicando um duríssimo ajuste fiscal sobre o funcionalismo e o povo pobre da cidade.


31. A maioria do funcionalismo municipal não recebe sequer 1 salário mínimo nacional no vencimento base; o magistério municipal não recebe o piso salarial nacional; a prefeitura não faz concurso público, optando por contratos temporários precarizados. As denúncias de assédio moral nas secretarias municipais só aumentam e o movimento sindical independente, que organiza o Fórum de entidades municipais, para lutar por suas pautas econômicas e sociais, é perseguido e acusado de bolsonarista.


Um mandato a serviço do povo de Belém

32. É nesse cenário de polarização política entre a prefeitura e o funcionalismo municipal, que no dia 11/04 assumiu como Vereadora de Belém em um mandato coletivo, a Professora Silvia Leticia.


33. Fundadora do PSOL e sua primeira presidenta na cidade, Silvia Leticia, militante de Revolução Socialista – Tendência Interna do partido, é também Coordenadora do Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores em Educação Pública (SINTEPP) e junto com seus companheiros e companheira de mandato estão dando voz na Câmara Municipal às demandas dos servidores municipais e da maioria da população.


34. Ameaçada de expulsão do partido pelo grupo do prefeito Edmilson, tem sido vítima de perseguição, calúnias e todo tipo de mecanismos utilizados pela ultradireita para tentar descredenciá-la, como liderança legítima de uma categoria que já teve como um de seus principais líderes, justamente, o prefeito de Belém.


35. Em seu discurso de posse, o mandato coletivo através da companheira Silvia Leticia, afirmou ter uma postura independente como parlamentar, não ter presidente, governador nem prefeito de estimação, ser fiel ao programa do PSOL, aos trabalhadores e colocou o mandato a serviço da luta do povo pobre de Belém, por emprego, reajuste salarial, melhorias nas condições de trabalho e por um serviço público gratuito e com qualidade.

36. É com esse programa e com esse perfil de mandato, que estamos organizando a luta contra a Frente Ampla em Belém, até porque não reconhecemos a prefeitura da cidade como uma prefeitura do PSOL, pois o partido foi afastado de ter qualquer ingerência política na gestão municipal.


37. Se a prefeitura não atender à pauta do funcionalismo e não resolver os problemas estruturais que afetam a população da cidade, há o perigo real de a ultradireita vencer as próximas eleições. Queremos deixar, antecipadamente, nossa posição de seguir lutando. Porém, a responsabilidade por uma derrota eleitoral para o bolsonarismo não será dos e das que lutam por seus direitos, mas de quem, ao invés de governar para a maioria da população, decidiu conciliar interesses e ser parceiro político do que há de mais podre e corrupto em nosso estado.


ASSINAM:

ADALCI CEI

ADALGISA DE SOUSA ROCHA CUNHA

ADALICIO DE MACEDO RODRIGUES

ADALICIO DE MACEDO RODRIGUES JUNIOR

ADEMI MELO DA SILVA

ADILSON PAULO DE SOUZA FERREIRA

ADRIANA REIS DA CRUZ

ADRIELLE NUMES CASEMIRO DA SILVA

ADRIELLEN DAS GRAÇAS CORREA FERNANDES

AFONSO ROMI DA SILVA TOMASSO

AGUINALDO BARBOSA DA SILVA

ALBERTO BEZERRA SALES

ALBERTO JOSÉ DE SOUZA MAUÉS

ALCEANIRA BATISTA DE SOUZA

ALCIR LIMA VALENTE

ALCYR QUARESMA DE LIMA

ALINE DO SOCORRO MARTINS PACHECO SAKAGUCHI

ALINE LUANE RODRIGUES DE LIMA

ALINE MAGALHÃES DOS SANTOS

ALLAN AZEVEDO ANDRADE

ANA LUCIA LONDRES DOS SANTOS

ANA PAULA DA LUZ FERNANDES

ANA PAULA DOS SANTOS MIRANDA

ANA SILVIA ALVES GOMES

ANDERSON DOUGLAS NUNES DOS SANTOS

ANDERSON RIBEIRO DIAS

ANDRE LUCAS RODRIGUES DE LIMA

ANDRÉ LUIS DOS SANTOS TAVARES

ANDREA CUNHA MATOS

ANTONIA VANESSA FREITAS SILVEIRA

ANTONILDA VASCONCELOS DE BARROS

ANTONIO CLOVIS DE JESUS SANTOS OLIVEIRA

ANTONIO ELIZEU LEITAO DE SOUZA

ANTONIO JOSÉ GUEDES DE SOUSA

ANTONIO MARIA MAIA LOUREIRO

ANTONIO MARIA MATOS DE SOUSA

ANTONIO MARTINS BRITO JUNIOR

ASTROGILDO ALVES DOS SANTOS

AUGUSTO MARTINS PACHECO

BEATRIZ LIMA DO NASCIMENTO

BENEDITO MONTEIRO DA NATIVIDADE

BENEDITO PACHECO

BERNADETE DO SOCORRO PERDIGÃO PACHECO

BRUNO PERDIGÃO PACHECO

CARLA DEOLINDA DA SILVA

CARLOS ALBERTO DOS SANTOS RAMOS

CARLOS AUGUSTO SOARES NASCIMENTO

CARLOS EDUARDO GOMES DA SILVA

CARLOS GABRIEL MOREIRA DE SOUSA

CARLOS ROBERTO TEIXEIRA MOREIRA

CASSANDRA FIGUEIREDO VARELA

CEDICIO DE VASCONCELOS MONTEIRO

CÉLIA MARIA DE MORAES SILVA

CESAR ROBERTO BENTES

CLAUDIO ALAN MORAIS DA SILVA

CLAUDIO MOTA RODRIGUES DE SOUZA

CLÁUDIO SAMUEL DE MORAES SILVA

CLEA DO SOCORRO DA COSTA LIMA

CLEBER LAZARO PEREIRA DA COSTA

CLEIDEANE ANUNCIAÇÃO DE SOUZA

COSME JOSÉ DE DEUS SIMITE

DANIELA MONTEIRO DA CRUZ

DANILO MARTINS PEREIRA

DAVID BEGOT LUZ

DAVID DOS SANTOS TEIXEIRA

DELCIO COSTA LIMA

DELCYTA TAVARES

DELMA OLIVEIRA DE MACEDO RODRIGUES

DELSON LIMA FERREIRA

DENILSON DIAS SOUSA

DENIO MARINHO

DENIS SOBRINHO

DIANE MORAES SOUZA

DJORA CASTELO BRANCO NASCIMENTO

DOLORES LIMA FERNANDES

DORA LÚCIA RIBEIRO LOUREIRO

DOUGLAS DINIZ LIMA FERNANDES

DULCIDEIA DA CONCEIÇÃO PALHETA

EDINARDO DE FREITAS LOBATO

EDIRLEI PIMENTEL DOS SANTOS

EDIVALDO EDISON PANTOJA DA SILVA

EDIVALDO MARTINS

EDNEIA BRITO

EDUARDO BEZERRA SALES

EDUARDO JOSÉ RODRIGUES DE MELO

EDUARDO MAGNO TEIXEIRA

EDUARDO OLIVEIRA DE MACEDO RODRIGUES

EDUARDO PIMENTEL DOS SANTOS

ELAYNE DA LUZ SARAIVA

ELCIONE SILVIA DOS SANTOS

ELIANA DO SOCORRO BARROS FORMIGOSA

ELIVANE DO SOCORRO ARAÚJO PINA

ELIZANGELA DA SILVA SANTIAGO

ELVIS DENIS DA SILVA SANTIAGO

ERIC NARCISO PIMENTEL DOS SANTOS

ERICK JOSÉ DOS SANTOS

EVANDRO CARDOSO DOS SANTOS

FABIO DIAS FURTADO

FABRICIO MAGNO DA SILVA

FAGNER MARTINS BARATA

FATIMA DO ROSARIO PACHECO SOARES

FÁTIMA SOARES

FELIPE MONTEIRO

FLAVIO CESAR BOUÇÃO DA SILVA

FRANCISCA SILVA DOS SANTOS

FRANCISCO NAZARENO COELHO PANTOJA

GABRIEL OLIVEIRA DE MACEDO RODRIGUES

GABRIELA LUZ DA CUNHA

GERALDO BAHIA CARDOSO

GERSON EDUARDO ORTIZ

GILMAR MOTA RODRIGUES DE SOUZA

GIOVANNA MORAES SIQUEIRA

HAROLDO SEIXAS JÚNIOR

HELOISA CRISTINA PINTO DA CONCEIÇÃO

HILDEBRANDO SILVA DE FREITAS

HILTON SALOMÃO MARTINS MACIEL

IARA DA CONCEIÇÃO DE SOUZA PINHEIRO

INGRYD SARAH CORDEIRO CALDEIRA

IRACEMA DE ABREU ALBUQUERQUE

IRAMIR MIRANDA DE ARAÚJO

ISABELA BRITO

IVO PONTES PIMENTEL

JACILENE DO SOCORRO DE CARVALHO

JACKSON FARIAS GUIMARÃES

JAIRLA POMPEU DOS ANJOS

JANAILTON SANTOS DE FRANÇA

JENNIFER SUSAN WEBB SANTOS

JHMYSON SILVA MOREIRA

JOÃO BEZERRA LUZ

JOÃO BOSCO BASTOS DE ARAÚJO

JOÃO KAUÊ MORAES

JOÃO RAIMUNDO BARARUA

JONAL POMPEU DOS ANJOS

JONATAS MUNIZ COSTA

JONATHAN PERDIGÃO PACHECO

JOSÉ ANTÔNIO ARAÚJO DIAS

JOSÉ COSTA

JOSÉ LUIS MACEDO DA CRUZ

JOSÉ MARIA DA COSTA

JOSÉ MOACYR CHAGAS JUNIOR

JOSÉ RIBAMAR SOUZA ROCHA

JOSE WILTON CASTELO BRANCO

JOSUÉ RODRIGUES DE ALMEIDA

JOSUEL MENEZES

JUCILENE POMPEU DOS ANJOS

KARINA LOPES

KÁTIA CILENE

KATIA DO SOCORRO

KELLY CRISTINA CORDEIRO ALVES

LAERTH CARLOS OLIVEIRA ALVES

LARISSA CAROLINA BRITO DE ANDRADE

LARISSA LUZ FERREIRA

LAURINAUDIA BARROS MARTINS

LAYSE PEREIRA DO NASCIMENTO

LÉA MARIA COSTA LAMEIRA

LENAIDE ISIS GAMA PAMPOLHA

LEONARDO OLIVEIRA DO NASCIMENTO JUNIOR

LEONARDO VILAR TAVARES DA SILVA

LIDIANE BAIA

LIDIANE OLIVEIRA MAIA

LILIAN DE CASSIA PEREIRA DO NASCIMENTO

LILIAN DO SOCORRO RIBEIRO MONTEIRO

LOURDES DE FÁTIMA ARAÚJO

LUAN CAMPOS SANTANA

LUBIA LUZ TEREZO

LUCIENE LEAL

LUCLEIA DO SOCORRO DE CASTRO FERREIRA

LUIGI SOUSA MILHÃO

LUIS ALBERTO DE SOUSA RÁTIS

LUIZ MENEZES

LUIZ OTAVIO TRINDADE FERREIRA

LUIZA MARTINHO TRINDADE

LUZIA GUIMARÃES DO LIVRAMENTO

LYNDON JOHNSON LOPES DE OLIVEIRA JUNIOR

MADALEINE DO CARMO NASCIMENTO

MADALENA DO SOCORRO GONÇALVES JORGE

MADSON JONHNSTON SOUSA SILVA

MANOEL PEREIRA DOS SANTOS

MARCELLE CADELHA

MARCELO ANDRADE

MARCELO DINIZ FERREIRA

MARCELO IRMARIO BORGES DE MORAES

MÁRCIA DO SOCORRO DE SOUZA BORGES

MARCIO ANDRE CALIL GOMES

MARCIO ANTÔNIO CUNHA SOLIMOES

MARCIO FERNANDO CARDIAS DA SILVA

MARCIO MAURICIO LIMA FERNANDES

MARCO AFONSO MORAES DA SILVA

MARCO ANTONIO CUNHA SOLIMÕES

MARCO ANTONIO TUMA ROSSI

MARCOLINO DASMASCENO NOGUEIRA LIMA NETO

MARCOS ROBERTO DE SANTOS RAMOS

MARIA DA CONCEIÇÃO NERY DO NASCIMENTO

MARIA DA CONSOLAÇÃO RODRIGUES

MARIA DALVA CARDOSO

MARIA DAS GRAÇAS PINTO DA CONCEIÇÃO

MARIA DE NAZARÉ COUTO DOS SANTOS

MARIA DO CARMO FERREIRA

MARIA DO SOCORRO R. BATISTA

MARIA GILVANA CAVALCANTE E SILVA

MARIA IZABEL MESQUITA RAMOS

MARIA JOSÉ PINHEIRO

MARIA LUCIA FARIAS DA ROSA

MARIA MADALENA DE JESUS

MARIA MANUELA FARINHA

MARIA RAIMUNDA ANUNCIAÇÃO DE SOUZA

MARIA RAIMUNDA PANTOJA DA SILVA

MARIA VENINA DA SILVA E SILVA

MARLENE ANTONIA DOS SANTOS

MARLENE TORRES DOS SANTOS

MARLETE GAMA FERNANDES

MARYZAURA LIMA DO NASCIMENTO

MATEUS OLIVEIRA

MAURICIO CAVALCANTE DOS SANTOS

MAURICIO DOS SANTOS MATOS

MAURICIO ILIZEU DA SILVA ALVINO

MAURÍCIO JOSÉ DA SILVA CAMPOS

MAURICIO SOARES DO NASCIMENTO

MICHELE BORGES DE SOUZA

MILENE SILVA

MIRIAM DE JESUS SODRE DA SILVA

MONICA CRISTINA CUNHA SOLIMÕES

NAIARA CRISTINA CARVALHO DE MELO

NALCINA PIMENTEL DOS SANTOS

NARENDA ELIETE DE CASTRO FERREIRA

NATALIA ELIETE DE CASTRO FERREIRA

NATHALIA GATINHO DA SILVA

NEIDE ROCHA CUNHA SOLIMÕES

NELSON ANTONIO CHAVES DOS SANTOS

NELSON DAMASCENO NOGUEIRA LIMA JUNIOR

NILMARA CRISTINA DE MELO RODRIGUES

NILVON KLEBER

ODEISE DE S. COSTA

OSMARINA OLIVEIRA DA LUZ

OSVALDINO VIANA ALVES

OZIAS DE NAZARÉ

PATRICIA COSTA NOGUEIRA LIMA

PAULA FRANCINETE RAMOS MORAES

PAULO ANDRÉ DE BRITO RAMOS

PAULO EMMANUEL DA COSTA MORAES

PAULO FERNANDO TEIXEIRA DA ROCHA

PAULO SAMUEL LINHARES FIGUEIRA

PAULO SERGIO PEREIRA DA SILVA

PAULO YURI DA SILVA E SILVA

PEDRO SILVA DO NASCIMENTO

RACHEL DIAS CABRAL

RAFAEL CUNHA MIYAKE

RAFAELA KAROLLINE FERREIRA DE OLIVEIRA

RAIMUNDA RIBEIRO MONTEIRO

RAIMUNDO GILBERTO DE OLIVEIRA MARINHO

RAIMUNDO PENA DE SOUZA

RAQUEL BRITO

RAQUEL RÁTIS

RAYME DE SOUSA DA SILVA

REGINALDO REIS

REINALDO ANTONIO DO AMOR DIVINO DE SOUSA

RENALDO DA SILVA REIS

RENAN ROGÉRIO DOS SANTOS

RENATA KELLY AMADOR RAMOS DUARTE

RICHARD BENTES MORAES

RITA DO SOCORRO LOPES

ROBERTA COUTO

ROBSON GIL NERIS COSTA

RODRIGO DA CUNHA GOMES

ROGÉRIO DOS ANJOS BAIA

ROSA MARIA DE OLIVEIRA

ROSA OLIVEIRA DA CRUZ

ROSANGELA BENJAMIN FONSECA

ROSANGELA CASTRO DA SILVEIRA

ROSEANE GONÇALVES SILVIA

ROSELITO BATISTA DO NASCIMENTO

ROSIANE SHEILA RAMOS

ROSIANE SHEILA RAMOS RATIS

ROSIENE SOUZA

ROSILENE GONÇALVES FERREIRA DE OLIVEIRA

ROSINEIDE ANUNCIAÇÃO DE SOUZA

ROZIMERI ANUNCIAÇÃO DE SOUZA

RUBIA CLARA

SALOMÃO DE LIMA MOURA

SÂMIA CAROLINE

SAMIA CAROLINE DOS SANTOS

SANDOVAL QUARESMA DE MORAES

SANDRA LIDIA OLIVEIRA DA LUZ

SANDRA REGINA NASCIMENTO LIMA

SANDY MARIA PINA DA ROCHA

SELMA LILIAM OLIVEIRA DA LUZ

SHEILA LIVIA OLIVEIRA DA LUZ

SIDNEY VARELA PINHEIRO

SILVIA AMADOR

SILVIA LETICIA D OLIVEIRA DA LUZ

SIMONE DE CASSIA LIMA FERNANDES

SONIA DE FÁTIMA CAVALCANTE

SONIA MARIA PINTO DA CONCEIÇÃO

SONIA SUELY DOS SANTOS TAVARES

SÔNIA TAVARES

SUELLEN DE NAZARE PANTOJA DA COSTA

TANIA BRITO

TEREZA TRINDADE

THIAGO GUIMARÃES CAMARA

THYAGO SERRÃO ALMEIDA

TIAGO VIDAL

ÚRSULA FERNANDA ARAÚJO DA ROCHA

VALDIRENE CARDOSO DOS SANTOS

VANGELA CARDOSO DOS SANTOS

VERA COIMBRA MOREIRA

VITÓRIA DE CRISTO FIGUEIREDO VARELA

VITORIA VIEIRA PIRES

WAGNER WENDELL SILVA RIBEIRO

WALAX AQUINO

WALCICLEA PURIFICACAO DA SILVA CRUZ

WALDECY ABREU SANTOS

WALDO JORGE FERREIRA

WALMIR DA SILVA BRITO

WANGLES DA COSTA LIMA

WILCLEA DA COSTA LIMA

WILLIANA DA COSTA LIMA

WILSON CARVALHO DE SOUZA

WLADIMIR MONTEIRO VARELA

ZARAH TRINDADE

169 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page