top of page

Informação Completa

GREVE DOS TRABALHADORES DA UEPA E DETRAN BLOQUEIA AVENIDA EM BELÉM

Belém, 13 de junho de 2024 — Trabalhadores da Universidade do Estado do Pará (UEPA) e do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (DETRAN) estão em greve e ocuparam nesta manhã a Avenida Dr. Freitas, em frente à Casa Civil do Governo do Estado, localizada no bairro do Souza.


Imagem: Info.Revolução

Trabalhadores da Universidade do Estado do Pará (UEPA), da SEMAS, IDEFLOR- Bio e do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (DETRAN) estão em greve e ocuparam nesta manhã a Avenida Dr. Freitas, em frente à Casa Civil do Governo do Estado, localizada no bairro do Souza. Os manifestantes exigem uma audiência com o governo estadual para tratar da implementação de suas reivindicações.


Imagem: Info.Revolução

Entre os principais pontos de reivindicação, os trabalhadores da UEPA demandam a equiparação salarial dos professores com os da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC). Já os trabalhadores do DETRAN, SEMAS e IDEFLOR-Bio solicitam a implementação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), um instrumento fundamental para a valorização e progressão profissional dos servidores.


Imagem: Info.Revolução


A manifestação conta com o apoio do Mandato Coletivo da vereadora Professora Silvia Letícia, que é servidora pública e participa ativamente do movimento. "Estamos aqui para apoiar a justa luta desses trabalhadores do funcionalismo estadual. O governo deve receber e atender às demandas dos trabalhadores”, declarou a vereadora durante o protesto.


Imagem: Info.Revolução

O bloqueio da Avenida Dr. Freitas, uma via importante da cidade, causou transtornos no trânsito local, mas também chamou a atenção da população e da mídia para as demandas dos trabalhadores. A mobilização conta com a presença significativa de servidores, que utilizam faixas, cartazes e carros de som para comunicar suas reivindicações e pressionar o governo a negociar.


Até o momento, o governo do Estado não se manifestou oficialmente sobre a greve e as reivindicações dos trabalhadores. No entanto, a pressão dos manifestantes e o apoio político crescente indicam que uma resposta oficial pode ser iminente.


A equiparação salarial dos professores da UEPA com os da SEDUC e a implementação do PCCR para os trabalhadores do DETRAN são demandas que têm sido discutidas há anos, sem avanços significativos. A greve e a ocupação da Avenida Dr. Freitas são vistas como medidas extremas, mas necessárias, pelos trabalhadores, que buscam visibilidade e uma resolução efetiva para suas reivindicações.


Imagem: Info.Revolução

A greve dos trabalhadores da UEPA, da SEMAS, IDEFLOR-Bio, do DETRAN e a ocupação da Avenida Dr. Freitas destacam a insatisfação crescente entre os servidores públicos do Pará com relação às condições salariais e de carreira. A movimentação liderada por estes trabalhadores e apoiada por figuras políticas como a vereadora professora Silvia Letícia pode ser um ponto de inflexão na relação entre o funcionalismo público e o governo estadual. O desfecho desta mobilização será crucial para determinar os próximos passos na luta pelos direitos e pela valorização dos servidores públicos no Pará.


Texto e imagens: Equipe Mandato Coletivo/info.revolução



5 visualizações0 comentário

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page