top of page

Informação Completa

NOTA DE REPÚDIO AO COMUNICADO DA PREFEITURA DE BELÉM


Imagem/Info.Revolução 03/04

O Fórum das Entidades representativas dos servidores do município de Belém repudia veementemente o comunicado emitido pela Prefeitura de Belém, no início da noite desta quarta-feira, 03/04/2024, que mente sobre fatos com o claro objetivo de criminalizar o movimento grevista dos servidores públicos de Belém.

Jamais existiu uma invasão no prédio da Secretaria Municipal de Administração (SEMAD), o comando de greve entrou a convite da secretária de administração, Jurandir Novaes para uma reunião que discutiria as propostas para que o funcionalismo pudesse encerrar a greve geral deflagrada no último dia 26/03/2024.

Os grevistas informaram que seguiriam no local aguardando até que o executivo municipal analisasse a proposta discutida pelas diversas categorias que labutam no serviço público prestado para a população. E na ocasião foi permitido pela mandatária, Jurandir Novaes, a permanência dos servidores na secretaria de administração.



Imagem/Info.Revolução 03/04 - Reunião com a secretária de administração Jurandir Novaes e sua equipe


Dia 1º de abril, uma comissão representando o governo, composta pelas secretárias de Administração, Jurandir Novaes; de Finanças, Káritas Rodrigues; o Procurador Geral do Município, Rosemiro Salgado e o Assessor do gabinete da PMB, Edmilson Novaes, solicitaram que os servidores apresentassem contraproposta para ser analisada pelo governo.

Depois de 8 dias em greve, o que a comissão do Fórum recebeu como resposta foi que não haveria atendimento de nenhuma das propostas feitas pelo funcionalismo. 

Os servidores de Belém reafirmam que a greve é consequência da negativa do governo em negociar desde o ano de 2021. 

O governo se nega a dialogar e negligencia a população e os servidores.

Os trabalhadores vivem situação de assédio patrimonial, com graves perdas em sua capacidade de se alimentar. Por isso, é inadmissível que a Prefeitura busque desqualificar a ação dos servidores, que lutam por condições dignas de trabalho e por uma negociação justa de suas demandas salariais. A tentativa de criminalizar os manifestantes, ao acusá-los de depredação e cárcere privado, é uma clara tentativa de desviar o foco da realidade enfrentada pelos trabalhadores. Ressaltamos que a greve de serviços não é apenas uma questão de números, mas sim uma consequência direta das políticas irresponsáveis da administração municipal. 


Imagem/Info.Revolução 03/04 - Reunião com a secretária de administração Jurandir Novaes, comando de greve e vereadores de Belém

Exigimos que a Prefeitura de Belém reconheça a legitimidade das reivindicações dos servidores e negocie de forma transparente e respeitosa.

Repudiamos qualquer tentativa de repressão e exigimos respeito aos direitos dos trabalhadores. 

Estaremos vigilantes e prontos para apoiar os servidores municipais de Belém em sua luta por justiça e dignidade.



Fórum de Entidades de Belém - Servidores em Luta


823 visualizações0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page